top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Ao evidenciar emergência climática, tragédia no RS pode abalar agenda política da direita, diz Naomi Klein

Foto: Brasil de Fato


Naomi Klein alerta para um fenômeno global que ela descreve como um "modelo de apartheid de desastre", onde os eventos climáticos extremos exacerbam as desigualdades sociais e econômicas. Ela exemplifica isso mencionando o surgimento de condomínios de luxo nos EUA projetados para resistir a furacões, que destacam uma tendência crescente de os ricos garantirem sua segurança em um mercado em expansão, enquanto a população em geral se torna mais vulnerável e "sacrificável".


Klein atribui esses eventos à crise climática, que, segundo ela, é intensificada por um modelo de desenvolvimento neoliberal. Ela sugere que o reconhecimento público desses problemas pode representar uma crise para as agendas políticas de direita, o que explicaria a proliferação de desinformação por parte desses grupos.


A jornalista, conhecida pelo livro "A doutrina do choque", discute como governos e empresas frequentemente usam crises e desastres naturais para promover políticas e negócios que seriam menos aceitáveis em tempos de normalidade. Ela cita o exemplo de Nova Orleans após o furacão Katrina como um precursor dessa estratégia.


Fonte: Brasil de Fato


Saiba mais:



3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page