top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Assembleia decide pela não deflagração, mantendo estado de greve e mobilização nos campi


Sala de Jaguarão conectada na assembleia geral da categoria

A categoria docente da Unipampa decidiu por não deflagrar greve a partir de 15 de abril, mantendo o estado de greve, a partir da próxima segunda-feira (15). A decisão foi tomada em assembleia geral extraordinária da categoria, na tarde desta terça-feira (9). Estavam presentes docentes de todos os campi da universidade na assembleia.


Os docentes das universidades federais pedem reajuste de 22,71%, dividido em três parcelas iguais de 7,06% em 2024, 2025 e 2026. O governo concedeu um pequeno reajuste de +9% em 2023, o qual foi simbólico, porém pouco significante perto das perdas acumuladas.


Além do reajuste salarial e da reestruturação da carreira, o movimento reivindica em sua pauta a restauração do orçamento das instituições federais de ensino, bem como a melhoria das condições de trabalho, temas que marcaram as falas de colegas presentes na assembleia. Outros encaminhamentos foram deliberados para manter a mobilização, como a constituição de comitês de mobilização em cada campus, com calendário de atividades a ser construído a partir dos próximos dias.



Sala do campi de Bagé presente na assembleia



Sala do campi de Itaqui presente na assembleia



Sala do campi de Alegrete presente na assembleia

325 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page