top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Ataque israelense a Rafah carboniza crianças, mata 45 palestinos e gera indignação internacional

Foto: Palestinos examinam destroços causados por bombardeio israelense à Rafah - AFP

O bombardeio israelense ao campo de refugiados em Rafah, na Faixa de Gaza, resultou em pelo menos 45 mortos, incluindo crianças, mulheres e idosos, e mais de 200 feridos. O ataque, ocorrido no domingo, desrespeitou uma decisão da Corte Internacional de Justiça e provocou indignação global. O Ministério da Saúde palestino relatou que 23 das vítimas eram mulheres, crianças e idosos, com funcionários da Defesa Civil de Gaza testemunhando corpos carbonizados. Imagens mostram o caos dos profissionais de saúde tentando resgatar os feridos, inclusive crianças.


O Comitê Internacional da Cruz Vermelha relatou que um de seus hospitais de campanha estava sobrecarregado, atendendo a um grande número de feridos com lesões e queimaduras. Imagens mostraram os destroços das barracas e famílias palestinas testemunhando a devastação. O ataque ocorreu após o Hamas disparar foguetes contra Tel Aviv, em resposta à ignorância de Israel em relação à decisão da CIJ contra os bombardeios em Rafah. A ação gerou condenação internacional, com países como França, Egito, Jordânia, Kuwait e Catar denunciando Israel por crimes de guerra e violações do direito internacional.



4 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page