top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Precariedade e descaso são tema de protesto no campus Jaguarão

Na noite de quarta-feira (27), a comunidade acadêmica realizou um ato no campus de Jaguarão para chamar a atenção para as péssimas e perigosas condições do prédio administrativo. Reivindicam que a Reitoria urgentemente encaminhe a realização de projeto de intervenção no edifício e que viabilize financeiramente o conserto. O caso é alarmante, pois coloca em risco a vida das pessoas que circulam diariamente no local.


Com problemas graves no telhado do edifício, que apresenta telhas em mau estado, infiltrações e goteiras, a situação preocupa servidores e servidoras, estudantes e trabalhadores terceirizados. Até mesmo a portaria do edifício foi removida de lugar em função dos riscos existentes e da insalubridade causada pela água.


O prédio foi inaugurado em 2010 e, mesmo relativamente recente, mostra problemas estruturais que se agravam com o passar dos anos. Há pelo menos um ano, ações em relação à precariedade do telhado do edifício são reivindicadas pelo campus, a fim de solucionar o problema, e nada ainda foi encaminhado.


Na Casa do Estudante, edifício novo e que há pouco tempo passou a ser ocupado, panorama semelhante é visto por acadêmicos da instituição: um teto de gesso caiu devido a infiltrações e estudantes relatam goteiras nos próprios dormitórios. Um risco para a comunidade estudantil que ali reside.


A Sesunipampa trata de, novamente, denunciar as condições de precariedade no campus de Jaguarão e se soma à comunidade acadêmica na reivindicação, para que ações de emergência sejam tomadas pela Reitoria.





62 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page