top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Seções sindicais realizam ações de solidariedade às vítimas atingidas pelas enchentes do Rio Grande do Sul



O Rio Grande do Sul enfrenta desafios sem precedentes com os eventos climáticos em curso desde a semana retrasada. Diversas seções sindicais estão se mobilizando para auxiliar aqueles que mais necessitam em suas regiões. Através de uma série de iniciativas, contando também com recursos financeiros repassados pelo ANDES-SN via Regional-RS para tal, essas seções reforçam o engajamento do movimento sindical em prol da solidariedade de classe.


A APROFURG está liderando esforços ao organizar mutirões de doações para ajudar as comunidades afetadas pelas enchentes no Rio Grande. Com o avanço das águas da Laguna dos Patos, o número de famílias desalojadas aumenta e os abrigos encontram-se sobrecarregados, tornando a necessidade de itens essenciais cada vez mais premente e fundamental.


Foto: APROFURG


O Centro Integrado de Desenvolvimento Costeiro do Sul (CIDEC-SUL) tornou-se um ponto vital de arrecadação para os abrigos, onde a solidariedade se transforma em ação concreta. Itens como lençois, travesseiros, cobertores, colchões, produtos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis são desesperadamente necessários para garantir o conforto e a dignidade dos desabrigados.


O SINDOIF está desempenhando um papel essencial em diferentes campi do IFRS na Região Metropolitana, especialmente no campus Canoas, que se converteu em um abrigo para os afetados pela enchente. Além disso, o Comando Local de Greve (CLG) da seção liderou uma série de iniciativas solidárias em apoio à população afetada, ao longo da semana. As ações tiveram um retorno bastante significativo de recursos, possibilitadas também através das contribuições generosas de professoras e professores em greve.


Foto: SINDOIF


O direcionamento estratégico dos recursos utilizados no apoio a essas ações foi coordenado pelo Comando Local de Greve como parte integrante da campanha "Greve Solidária", uma iniciativa abraçada pelo ANDES-SN, FASUBRA e SINASEFE em suas respectivas entidades no Rio Grande do Sul.

Na última semana, também a Seção do ANDES na UFRGS recebeu repasse financeiro da Regional, e destinou o montante principalmente ao apoio ao DCE UFRGS, que tem produzido marmitas e fornecido insumos para abrigos. Para auxiliar na organização das mais de 1800 refeições diárias do DCE, o ANDES-SN forneceu embalagens descartáveis, além de produtos de higiene, limpeza e cobertores. Além disso, insumos perecíveis foram encaminhados para a Esefid, unidade da UFRGS que abriga cerca de 600 pessoas, contribuindo para o preparo de alimentos. Outra parte dos recursos financeiros foi destinada para a Cozinha Solidária do MTST, reconhecido por sua atuação exemplar e por liderar campanhas de solidariedade em Porto Alegre, assim como para o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra.


Desde o início da crise ambiental, a SEDUFSM tem tomado medidas ativas para apoiar a comunidade, incluindo aporte financeiro ao Banco de Alimentos e aquisição de donativos, entregues em 9 de maio, utilizando recursos próprios e enviados pela Regional RS do ANDES-SN. Além disso, a Seção Sindical tornou-se um ponto de coleta de donativos, operando das 8h às 12h e das 14h às 17h, e disponibilizando o carro do sindicato para a retirada de doações. A SEDUFSM também fornecerá um carro dedicado ao transporte de pessoas e suprimentos em ações emergenciais.


Foto: SEDUFSM


Em Pelotas, o Comando Local de Greve da ADUFPel, juntamente com o Sinasefe - IFSul e a ASUFPel, promoveram uma campanha para incentivar a doação de sangue no Hemocentro Regional de Pelotas. Esta iniciativa visa reforçar os estoques de sangue e garantir que aqueles que mais necessitam tenham acesso a esse recurso vital. A ADUFPel também está organizada para promover novas ações de solidariedade.


A SESUNIPAMPA continua articulada no apoio às ações de solidariedade por todo o estado do Rio Grande do Sul. Para mais informações sobre divulgação de ações de solidariedade, acompanhe nossos canais oficiais.


Fonte: APROFURG, SINDOIF, Seção do ANDES - UFRGS, SEDUFSM e ADUFPel

37 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page