top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Sesunipampa participa de 40° Congresso do Andes-SN em Porto Alegre

28 de março de 2022


Neste domingo (27), teve início o 40° Congresso do Andes-SN, realizado este ano em Porto Alegre, capital gaúcha. Com o tema central ‘A vida acima dos lucros: Andes-SN 40 anos de luta’.

Mesa de abertura do 40° Congresso do Andes-SN, neste domingo (27).


A primeira plenária tratou sobre o contexto do movimento docente na atual conjuntura e o debate foi orientado pelos textos enviados ao Caderno do Congresso pelas seções sindicais. Com início na manhã deste domingo, o evento irá ocorrer até quinta-feira (31) e o encerramento será no dia 1 de abril com um ato “Pelas liberdades democráticas e em defesa dos serviços públicos”.


Estão presentes no evento 89 Seções Sindicais, 445 delegados(as), 146 observadores(as), 17 convidados(as) e 34 diretores(as) do ANDES-SN, somando um total de 642 participações presentes. O Congresso está seguindo protocolos de segurança como salas grandes e arejadas, logística para não haver lotação de pessoas nos locais dos debates, distribuição de álcool em gel e máscaras PFF2.


Chegada das delegações no 40° Congresso do Andes-SN.

Delegação da Sesunipampa

As delegadas Suzana Cavalheiro de Jesus, do campus Dom Pedrito, e Juliana Brandão Machado, do campus Jaguarão, estão representando a Sesunipampa em Porto Alegre.


Juliana, à esquerda; e Suzana, à direita, delegadas pela Sesunipampa.


Para as docentes, o evento é uma importante oportunidade para debater a atual conjuntura, assim como de representação sindical. Segundo Juliana, “participar como delegada da SESUNIPAMPA no 40° Congresso do Andes-SN é um compromisso fundamental com a representação da nossa base neste espaço de encontro e luta da categoria docente. Além disso, estamos numa delegação feminina, que sinaliza a importância da participação das mulheres docentes da Unipampa na luta sindical”.


Além disso, "é um espaço para intensificar os debates travados pela categoria ao longo do último período e definir a agenda de lutas em defesa da universidade pública", comenta Suzana. "A presença da Sesunipampa, com duas delegadas mulheres, demonstra não somente o compromisso da nossa seção com esse acúmulo de discussão e planejamento, como também com uma educação superior pautada na equidade, na pluralidade e na defesa das liberdades democráticas", finaliza a docente.


Assessoria Sesunipampa, com informações de Andes-SN.


Leia também


29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page