top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Homens invadem Reitoria da Uefs e intimidam servidores a retirarem faixa de "Fora Bolsonaro"



Em mais uma tentativa de intimidação, um novo episódio de violência política ocorreu na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), na Bahia. Na noite dessa segunda-feira (17), dois homens invadiram a Reitoria da universidade e coagiram servidoras e servidores do gabinete. Esse é o segundo episódio de violência ocorrida na instituição em um período de uma semana.


Segundo o reitor Evandro do Nascimento, que estava em sala ao lado no momento, dois homens adentraram a secretaria do Gabinete da Reitoria e intimidaram servidoras e servidores com gravação de imagem em celular, sem autorização, enquanto indagavam o motivo de universidade pública permitir a presença de uma faixa com os dizeres “Fora Bolsonaro”, colocada pela Associação de Docentes da Uefs (Adufs-BA – Seção Sindical do ANDES-SN) no pórtico da universidade.


O reitor interviu na situação e exigiu que os homens desligassem o celular e parassem com o constrangimento no ambiente de trabalho da instituição. Ele explicou que a Uefs está seguindo as orientações cabíveis para a obediência à lei eleitoral e que vê a exibição da faixa como exercício do direito à livre manifestação sindical e de liberdade expressão. Após a argumentação do reitor, os homens saíram do prédio da Reitoria. Minutos depois, a vigilância da instituição registrou a ação desses homens que retiraram duas das três faixas do pórtico da universidade. Há relatos de que esses mesmos homens tentaram por meio de um servidor da Unidade de Infraestrutura e Serviços (Uninfra) saber informações sobre a Adufs-BA SSind., mas não tiveram êxito.


A seção sindical do ANDES-SN na Uefs informou que, diante de mais um episódio de violência ao direito de livre expressão do pensamento sofrida pela Adufs- BA SSind., a assessoria jurídica do sindicato acionará os órgãos competentes para adoção das medidas adequadas para identificação e responsabilização dos agressores. “O bolsonarismo será derrotado nas ruas e nas urnas”, afirmou a entidade.


Já a Reitoria da Uefs também se manifestou em repúdio “às atitudes perpetradas por essas pessoas e grupos, e conclama a comunidade universitária a se mobilizar e seguir firme no propósito de defender os valores humanistas e civilizatórios, sem os quais não há como construir uma nação democrática, plural e livre”.


Atentado anterior


Na noite do último dia 10, de acordo com informações de vigilantes que estavam de plantão na Uefs, homens armados cortaram e retiraram parcialmente a faixa “Fora Bolsonaro” colocada pela Adufs SSind. no pórtico da universidade.


Em uma ação violenta e antidemocrática, a faixa foi rasgada e os responsáveis fugiram do local antes da interferência dos vigilantes, que notificaram a ação à Administração Central.


Do ANDES-SN, com informações da Uefs e Adufs-BA SSind

6 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page