top of page
Buscar
  • assessoriasesunipa

Seguimos mobilizados: um ano do caso Letícia


Foto: Fabrício Marcon, via Flickr, em Creative Commons

No próximo dia 9 de março, completa-se um ano da reversão da demissão, por parte do Conselho Universitário (Consuni) da Universidade Federal do Pampa, após determinação judicial, da docente Letícia de Faria Ferreira. A professora Letícia havia sido demitida pela Reitoria da Unipampa, conforme a Sesunipampa contou em reportagem recente.

Para Altacir Bunde, membro da diretoria da Sesunipampa, “o caso Leticia foi um dos gestos mais autoritários vivenciados internamente na Unipampa em toda a história da instituição. Com base em uma portaria do ex-ministro de Bolsonaro, Arthur Weintraub, buscou-se retirar o poder da instância máxima da Universidade, o Consuni e, de forma arbitraria, permitir que a docente fosse demitida sem garantir a devida defesa nas instâncias que lhe eram de direito”.


Mesmo que a situação da docente ainda não encontre segurança institucional para dar o caso como encerrado, hoje a professora Letícia Ferreira permanece vinculada à universidade graças a uma intensa rede de solidariedade que excedeu os próprios contornos da Universidade Federal do Pampa.


“Felizmente, em 9 de março de 2022, após ampla mobilização da comunidade acadêmica, com apoio de servidores e servidoras de diversas instituições, parlamentares, seções sindicais e com o acolhimento pela Justiça Federal da liminar apresentada pela defesa de Letícia Ferreira, a Reitoria levou a discussão ao Consumi”, relata Bunde. Cabe recordar que, no âmbito do Conselho Universitário, instância em que conselheiros e conselheiras são protagonistas, com 25 votos favoráveis e 17 abstenções votou-se pela revogação da demissão da professora.


“Para nós, da Sesunipampa, é importante manter viva essa lembrança para que decisões arbitrárias como a que foi imposta ao caso da professora Leticia nunca mais venham a ocorrer na Unipampa ou mesmo em outras universidades federais”, resume o professor Altacir Bunde.

86 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page